rush tik tok

 

Percebendo o grande potencial do Tik Tok, que atualmente é um dos aplicativos mais baixados no mundo, a Adobe criou o Premiere Rush, um aplicativo de edição de vídeo mais simplificado e com compartilhamento direto para a rede social do momento. 

O que é Tik Tok? Conheça o aplicativo mais popular do mundo!

Se até agora você estava relutando em conhecer a plataforma que virou queridinha de famosos como Will Smith e Miley Cyrus, está mais do que na hora de deixar os preconceitos de lados e aprender a se enturmar com o TikTok. Super indico o guia do Júlio Moraes para os novos usuários do app.

Dificilmente você lembrará da Adobe se modificando para algum outro aplicativo ou site. A mega empresa especializada em softwares de edição sempre foi adepta do bordão “elas que lutem”, e temos que ser honestos aqui, é uma luta se dar bem com todos os programas disponíveis da Adobe.

Mas esse cenário mudou! Recentemente foi lançado o aplicativo Premiere Rush para edição de vídeos. Segundo o próprio blog da Adobe, o Rush foi criado pensando especialmente em uma coisa: criadores de conteúdo! Com isso temos um aplicativo mais simplificado, porém, repleto de funções que são indispensáveis para quem gosta de compartilhar vídeos nas redes sociais.

Premiere Rush

Para mostrar que realmente estão pensando nos criadores de conteúdo, a Adobe firmou parceria com o Tik Tok para desenvolver os melhores efeitos, filtros e transições para vídeos. E o melhor de tudo: 100% gratuito! (lógico que existe um pacote que expande a memória da nuvem e sincroniza os projetos com o adobe cloud, mas isso não é essencial para quem está começando)

O programa Premiere Rush pode ser executado nos smartphones com sistema iOs e Android e possui uma versão desktop. 

Share:
Written by Piinknina
Marina de Melo nasceu no dia 5 de fevereiro de 1994 em Florianópolis, Santa Catarina. Aquariana, com cabelos coloridos e apaixonada por novidades, desde criança Marina mostrou inclinações para o mundo da comunicação. Aos sete anos já havia inventado diversas revistas e sonhava em ser jornalista. Fez dois anos de faculdade de Letras Português, com o intuito de migrar para a área de jornalismo, e acabou não completando o curso. Fez um ano de faculdade de Jornalismo e percebeu que a mídia tradicional não era a área que desejava seguir. Atualmente cursa Mídia Eletrônica e parece ter encontrado sua vocação! Trabalhou na Record e no SBT de Santa Catarina, em agência de eventos, agência de marketing e até com digitação de contas em uma empresa de saúde. Hoje faz estágio em uma network do YouTube onde cuida das redes sociais e outras coisitas mais. Tem um canal no YouTube com conteúdo de entretenimento. Escreveu todo esse texto em terceira pessoa e achou uma experiência traumática!